Marquinha, o moda perigosa vindo do Brasil e que multiplica o risco de desenvolver cancro da pele da exposição prolongada sol. A tendência mais controversa é bronzeado até que as marcas são claramente biquíni visível, mas com a particularidade, e que a forma de biquíni fita marcas na pele após a aplicação de loção bronzeadora. Isto levanta a já conhecida como Marquinha moda, e pode comprometer seriamente a saúde da pele.

Marquinha biquíni

o exposição prolongada ao sol, e sem proteção adequada, é o principal fator de risco para câncer de pele e, especificamente, a melanoma, o mais grave (só em Espanha, por exemplo, são diagnosticados anualmente 4.000 novos casos de melanoma). Além disso, deve-se notar que a pele não é apenas o maior órgão do nosso corpo, mas tem memória, de modo que o queimaduras de insolação ou exposição prolongada ao sol pode tomar seu pedágio ao longo dos anos. A melhor maneira de prevenir é proteger adequadamente a pele quando vamos para tomar sol e, acima de tudo, evitar as horas de maior intensidade (meio do dia). Recomendações em caso de Marquinha são violados, porque o objetivo é curtir quanto possível e no menor tempo possível.

Para fazer isso, as mulheres que se juntam a esta tendência não hesitará em tomar-se vocês três horas por dia deitado ao sol sob a ação direta dos raios ultravioleta, praticamente desprotegida, para obter o máximo possível destacar a diferença entre biquíni marca eo resto da pele. No entanto, um tan profundo nem sempre é sinônimo de bonito e saudável. Curtimento da pele, sem colocar em risco não só é possível, mas é o melhor conselho a seguir, se quisermos evitar aumentar a sua vulnerabilidade a problemas de desenvolvimento, como o câncer de pele. Há modas que, por mais que arrasar, devem ser evitados.

Você também pode estar interessado em: Tanning no verão: Como a favorecer marrom e tudo sobre o Melanoma: reconhecer e fotos